Atma Jordão
Arte e Filosofia
Capa Meu Diário Textos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos


Te ter e ter que esquecer
É insuportável, é dor incrível

Ainda que este corpo, este instante chegue ao fim.
nada que é Teu morre em mim.

olhos jamais pôde vê-la, eu sei.
e ainda sim Te vi e me encontrei.

e  Te ver e não te querer...
É improvável, é impossível.

Contemplar as Tuas realidades e não se encantar
Ou mergulhar na sua plenitude e não despertar

É como mergulhar num rio e não se molhar
É ver o céu se abrir no estilo e não se animar
É ver alguém feliz de fato sem alguém pra amar
É como procurar no mato estrela-do-mar


Ooh! Eterno esplendor da minha Alma.
O eterno que coabita minha finitude.

Quando o iverno chegar,
eu quero estar junto a Ti.

 
Atma Jordao
Enviado por Atma Jordao em 13/04/2021
Alterado em 15/04/2021
Comentários