Atma Jordão
Arte e Filosofia
Capa Meu Diário Textos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
Apologia de Sócrates - Platão (Comentários)

Apologia significa defesa, justificativa.
 
Sócrates, em 347 a.c, ao 70 anos, foi condenado a morte por 30 votos de diferença em uma democracia ateniense, onde 501 cidadãos votaram.

Foi acusado formalmente de corromper os jovens:
"Sócrates é réu porque corrompe a juventude e descrê dos deuses do Estado, crendo em outras divindades novas."

Essa era a acusação formal, mas Sócrates acrescenta que antes dessa acusação formal sempre existiu uma outra questão, uma outra acusação não formal, que imputava a seus "primeiros acusadores" que agora se ocultavam na multidão.

"os primeiros acusadores são mais temíveis, senhores, uma vez que (suas opiniões) se apoderaram da maioria de vós desde a infância, declarando que há um certo Sócrates, homem sábio, um pensador que se ocupa das coisas do alto e que sondou as coisas abaixo da terra, e que faz do argumento mais fraco o mais forte."

Ao ser acusado de ser um orador extraordináriamente hábil para ludibriar, Sócrates rebate:

"não me revelo de modo algum um extraordinário orador - a não ser que classifiquem como extraordinário orador alguém que fala a verdade."

"não ouvireis(de mim) discursos expressos com frases ornamentadas ... mas apenas coisas ditas casualmente com as palavras que me ocorrem, pois confio que há jusitça no que digo.. Decerto não seria apropriado, senhores, na minha idade apresentar-me a vós feito um adolescente modelando discursos."

Declarado o homem mais sábio da grécia pelo oraculo de Delphos, Sócrates, que dizia conscientemente a todos que nada sabia, ficou curioso com as palavras do oráculo, e apartir dali aprofundou ainda mais as suas andanças na busca de homens que fossem verdadeiramente sábio. Nessas andanças, desmacarou, para o proprio bem destes, todos os supostos sábios da Êpoca, construindo um bela coleção de inimigos.

Comeceu indagando um político e depois prosseguiu ...

" pensei comigo - Sou mais sábio do que esse homem; nenhum de nós dois realmente conhece algo admirável e bom, entretanto ele julga que conhece algo quando não conhece, enquanto eu, como nada conheço, não julgo também que conheço."

"Sinto-me envergonhado de dizer-vos a verdade, senhores, porém deve ser dita - (em relação aos poemas dos poetas renomados) quase todos o presentes expectadores, poderiam ter explicado os poemas melhor do que aqueles que os haviam composto. Assim também no caso dos poetas não tardei a descobrir que aquilo que compunham não compunham com base em sabedoria, mas devido a algum talento natural e por força de inspiração, como os profetas e os que proferem oráculos, uma vez que estes também dizem muitas coisas admiráveis, sem ter qualquer entendimento do que dizem."

"os bons artesãos, cada um deles julgava-se muito sábio nas outras matérias de grande importância - tolice que eclipsava o saber que realmente possuíam. assim perguntei a mim mesmo em nome do oráculo se preferia ser como sou, nem sábio na sabedoria deles(artesãos), nem tolo em sua ignorância, ou ser como eles em ambos os aspectos. Respondi a mim mesmo e ao oráculo que a mim mais valia ser como sou."

Palavras do oráculo.

" é entre vós, ó seres humanos, o mais sábio aquele que, como Sócrates, reconhece que nenhuma importância em verdade tem no que tange à sabedoria."

"assim, prossigo ainda agora nessa busca, investigando, segundo o comando do Deus todo individuo que julgo ser sábio. Então se não julgo que é, presto assistência ao deus e mostro que a pessoa não é sábia. Devido a essa ocupação, não disponho de tempo para dedicar-me, em qualquer medida, aos negócios públicos ou aos meus próprios, vivendo em meio à grande pobreza devido ao serviço que presto ao deus."

"pois temer a morte, senhores, nada mais é do que pensar que se é sábio quando não se é, uma vez que consiste em pensar que se conhece o que não se conhece. De fato, ninguém sabe se a morte não é, inclusive, a maior de todas as bênçãos para o ser humano, ainda que este a tema como se soubesse que é o maior dos males. e não é essa a mais censurável das formas de ignorância, nomeadamente pensar que se conhece o que não se conhece?"

"homem excelente, sendo como és, um cidadão de Atenas, a maior das cidades-Estado e a mais notória por sua sabedoria e poder, não te sentes envergonhado por te preocupares com a aquisição de riquezas, reputação e honras, enquanto não te importas e nem atentas para a sabedoria, a verdade e o aperfeiçoamento de tua alma?"

"tudo que faço em minhas andanças é vos instar, jovens e velhos entre vós, a não zelardes por vossos corpos ou vossas riquezas mais do que pela perfeição possível de vossas almas; e vos digo que a riqueza não gera a virtude, mas esta gera a riqueza e todos os demais bens aos seres humanos, tanto os benefícios privados quanto os públicos."

"Sabeis que se me matardes, sendo eu o homem que digo que sou, não me ferireis mais do que vós próprios; com efeito, nem Meleto(que me acusa) seria capaz de ferir-me, o que julgo impossível, pois acredito não ser permitido pelas leis divnas que um homem seja ferido por um pior."

"que sou uma espécie de dádiva do deus à cidade, (voces)podereis compreender com base no seguinte: que não parece comportamento humano ter negligenciado todos os meus próprios negócios e resistido ao descuido de meus interesses durante todos estes anos; em contrapartida, estou sempre ocupado com vossos interesses, dirigindo-me a cada um de vós como um pai, ou como um irmão mais velho, insistindo que atentais para a virtude."

"mas é possível, talvez que estejais zangados comigo, como pessoas despertas de um cochilo, e quereis esbofetear-me, em conformidade com o conselho de Anito, com o que facilmente acabareis me matando; e então passaríeis o resto de vossas vidas na sonolência, a menos que o deus, no seu zelo por vós, enviasse alguém mais para vos aguilhoar"

"a mim foi ordenado assim agir pelo deus, por meio de oráculos e sonhos, e de todas as outras formas pelas quais um ser humano já recebeu ordem oriunda do poder divino para fazer qualquer coisa."

Indagado por que ele(Sócrates) não pedia diminuição de pena ele disse:

"como estou convencido de que jamais cometi injustiça contra pessoa alguma, certamente não a cometerei contra mim declarando a respeito de mim mesmo que mereço alguma coisa má e propondo qualquer pena para mim que inclua um mal"

"é possível que alguém dissesse: "Sócrates, será que não poderias nos deixar e viver em silêncio, sem discursos?. Bem, convencer alguns de vós sobre esse ponto é a tarefa mais difícil. Isso porque se afirmo que tal procedimento corresponderia a desobedecer ao deus e que, por conta disso, não posso ficar em silêncio, pensareis que estou ironizando e não me acreditareis. Se, por outro lado, afirmo que dialogar todos os dias acerca da virtude e sobre as outras coisas em relação às quais me ouvis discursando e examinando a mim mesmo e os outros constitui o maior beneficio para o ser humano, e que a vida sem esse exame não é digna de ser vivida, menos crédito ainda me dareis."

" Deveis também, senhores juízes, considerar a morte com esperança, tendo em mente a seguinte verdade, ou seja, que um homem bom não pode ser atingido por nenhum mal na vida ou após a morte, e que suas ações não são negligenciadas pelos deuses. Assim, igualmente, isso que aconteceu a mim não aconteceu por acaso; vejo com clareza que é melhor para mim morrer agora e livrar-me de transtornos. Eis a razão por que o sinal(do meu deus) em momento algum interferiu na minha conduta."

"tudo que peço a eles(aqueles que me condenam a morte) é o seguinte: quando meus filhos crescerem, senhores, puni-os causando-lhes os mesmos transtornos que causei a vós; se vos parecer que se importa mais com dinheiro ou qualquer outra coisa do que com a virtude, e se pensarem que são pessoas de importância, quando não são, censurai-os como vos censurei, por não se importarem com o que deviam se importar e pensam que se transformaram em pessoas dignas, quando não são dignos de nada... Mas agora é chegada a hora de partirmos. Parto para a morte e vós para a vida. Entretanto, qual de nós caminha para melhor sorte é algo que somente o deus sabe."
Atma Jordao
Enviado por Atma Jordao em 03/03/2021
Alterado em 03/03/2021
Comentários